Na minha festa em branco e preto de "A descoberta do segundo sexo", recebi acenos de Charles Bukowski, dos beatniks de ontem e sempre, de Sigmund Freud, de Cazuza, de Francis Bacon, de Bosch e seu Jardim das Delícias, de André Breton segurando um exemplar de "Nadja" ao lado de Man Ray, de Nietzsche e seu Crucificado, o filho do Deus morto
GOSTO DUVIDOSO
Product ID: 3103
Product SKU: 3103
New In stock />
A DESCOBERTA DO SEGUNDO SEXO

A DESCOBERTA DO SEGUNDO SEXO

Marca: GOSTO DUVIDOSODisponibilidade: Imediata


Por:
R$ 39,90

ou 12x de R$ 4,12 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Na minha festa em branco e preto de "A descoberta do segundo sexo", recebi acenos de Charles Bukowski, dos beatniks de ontem e sempre, de Sigmund Freud, de Cazuza, de Francis Bacon, de Bosch e seu Jardim das Delícias, de André Breton segurando um exemplar de "Nadja" ao lado de Man Ray, de Nietzsche e seu Crucificado, o filho do Deus morto. Numa atitude supostamente esperta de minha parte, deixei cada um deles falando sozinho e segui apenas com os dois autores deste volume. O único convidado que conseguiu cativar minha atenção e se fazer presente por algum tempo foi Roberto Piva, certamente pelo parentesco imediato que pode ser estabelecido entre este livro e "Paranoia", obra igualmente dupla que reúne as poesias de Piva e as fotografias de Wesley Duque Lee. Se em "Paranoia" ouvimos o canto alucinado do poeta cruzando a metrópole paulistana, aqui temos a saliva, a língua e a voz de dois forasteiros na cidade do Rio de Janeiro (a capital dos sonhos amargos?) e suas pretensões em fazer valer a crença de que o gozo sempre vai rir na cara da morte.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

    Confira os produtos